Nossa história

Em 2006 a Veterinária São Lázaro passa para a Direção da Dra. Fabiana Pereira da Silva e Dr. Álvaro Renato Cavalcante, ambos Médicos Veterinários com o sonho de modernizar e humanizar o atendimento médico veterinário e assim trazer mais conforto e saúde aos animais atendidos.

Desde então somos pioneiros em diversos segmentos da Veterinária no Amapá, o primeiro laboratório clínico, o primeiro raio x, os primeiros a separar as áreas de internamentos e principalmente a ver os pets como membro da família.

Veterinária São Lázaro

A Veterinária São Lázaro esta localizada em uma das principais avenidas de Macapá com fácil acesso e estacionamento próprio, nossos espaços são amplos e adequados para a atividade, nossa equipe são de pessoas treinadas e capacitadas em suas respectivas áreas para garantir conforto e o melhor tratamento para seu pet.

Quer agendar um horário para o seu pet?

Entre em contato conosco!

Nossos Serviços

Consultas

Com profissionais capacitados e atualizados nas diversas áreas que compõe a medicina veterinária, para seu pet receber um atendimento de qualidade e individualizado.

RAIO-X

Ambiente seguro para exames com laudo em até 48 horas.

Cirurgias

Realizamos diversos tipos de procedimentos cirúrgicos com uma equipe comprometida e capacitada.

Exames Laboratoriais

Possuímos um laboratório completo para melhor comodidade e rapidez.

Internamento

Possuímos duas áreas de internamentos onde os pacientes com doenças infecciosas ficam separados dos pacientes em observação ou pós operatório.

Imunização

Nossos veterinários avaliam o melhor esquema de imunização, para que seu Pet e sua família fiquem protegidos.

microchipagem

Para identificação de seu pet, você recebe um código que é único e exclusivo de seu pet que poderá ser acessado através de um site de cadastro. Importante para viagens internacionais, cadastros em Kennel Club, provar que o animal é de sua responsabilidade entre outros.

Quer agendar um horário para o seu pet?

Entre em contato conosco!

Cliente Pet

PARA OS APAIXONADOS PELO MUNDO PET

Temos as últimas novidades em Pet Shop, venha conhecer!

Perguntas frequentes

Significa você agendar uma consulta com médico veterinário para avaliar através de exames de rotina como está a saúde de seu animal, ele não precisa estar doente, na verdade deve ser feito para evitar, prevenir que alguma doença pegue vocês desprevenidos, fazer o check up em seu pet ao menos duas vezes ao anos é um ato de amor.

 

Pode ser após o desenvolvimento dos órgãos sexuais deles, alguns se desenvolvem após os 6 meses de idade, mais é importante conversar com o veterinário sobre os prós e contra da castração juvenil, mas o ideal é castrar até os 12 meses de idade.

Alguns veterinários optam em castrar antes do primeiro cio, outros já seguem uma linha em que a castração deve ser feita após o primeiro cio, existem estudos científicos que defendem os dois no que diz respeito a controle de aparecimento de neoplasias, melhor conversar francamente com o médico veterinário assim que adotar ou comprar um filhote para fazerem o planejamento.

 

Controle de natalidade e população de animais abandonados consequentemente, já que muitos abandonam por não terem como cuidar ou compram por impulso; evitar o aparecimento de neoplasias (tumores), demarcação de territórios em machos; passeios mais tranquilos tanto pra fêmea que não entram mais no cio e para os machos.

 

O início da vermifugação depende de alguns fatores: se a mãe é vermifugada, o ambiente onde vive, entre outros…  mas no geral a primeira dose pode ser ministrada entre os 15 e 30  primeiros dias de vida de seu pet e depois repetido com 15 dias, mas o ideal é assim que adotar um filhote leva-lo ao veterinário para pegar todas  as orientações e fazer o melhor esquema de vermifugação.

 

Não, apesar de algumas bulas assim indicarem não é necessário, ele deve ser vermifugado 1 ou 2 vezes ao ano, mas o ideal é só vermifugar após fazer um parasitológico e ver a necessidade, devemos lembrar que algumas verminoses são zoonoses, ou seja, pode ser transmitida entre humanos e animais, por isto a importância de fazer o check up regular com o médico veterinário.

Os caninos e felinos tem esquemas de imunização semelhantes, mas com vacinas próprias para as espécies no caso das múltiplas, ambos devem ser imunizados anualmente contra a raiva.

A diferença que os caninos ainda podem receber a contra a imunização tosse dos canis, giárdia e leishmaniose além da múltipla que protegem contra adenovírus, parvovirose, cinomose, hepatite, parainfuenza, coronavírus e leptospirose.

A múltipla felina imuniza contra calicivirose, Rinotraqueite, panleucopenia e Clamidiose, e hoje temos também as que protegem contra o vírus da leucemia felina (FelV).

Utilizar medicamentos sem prescrição pode trazer sérios riscos à saúde animal. Os gatos, por exemplo, são muito sensíveis e existem alguns princípios ativos que são proibidos para essa espécie, como o caso do paracetamol. Quando falamos dos cães, os perigos são reais também. O diclofenaco de sódio, por exemplo, é um da lista de proibidos para cães.

Ao falar de antimicrobianos então a coisa é mais séria. Escutamos falar muito sobre a resistência aos antimicrobianos e isso se dá por esse uso indiscriminado, sem prescrição. Entendemos também que em algumas regiões é difícil encontrar um profissional, porém todo esforço vale a pena para ter seu amigo saudável.

Hoje existem vários produtos da farmacêutica veterinária no país e no mundo, sendo eles os mais indicados para o tratamento animal, mas claro, sempre com indicação de um médico veterinário capacitado que tenha avaliado seu Pet.

A dor é uma sensação um tanto quanto desagradável e para os nossos amigos também é, além do que eles não conseguem nos dizer onde é essa dor. Para isso é muito importante que nós conheçamos bem o nosso companheiro.

É preciso ficar atento para qualquer mudança de comportamento. Se ele é um cão ou gato animado e do dia para a noite está mais apático, sem fome, meio para baixo, alguma coisa está errada.

Outros sinais de alerta: comportamento agressivo, vocalização, mudança no padrão respiratório e cardíaco, agitação, tristeza, postura anormal, entre outros.

Se você observar qualquer comportamento estranho, leve seu amigo ao médico veterinário para que ele possa examiná-lo e trata-lo da maneira correta, lembrando que o uso de medicamentos sem a avaliação de um profissional pode gerar riscos à saúde do seu animal.

É comum a ideia de que a presença de pulga em casa é por falta de higiene, mas não é verdade.

Um ambiente com pulgas e carrapatos não possui relação direta com o nível de sanidade do local, pois produtos de limpeza convencionais não são satisfatórios para conter a infestação, o que significa dizer que, para fazer o tratamento do ambiente, deve-se utilizar produtos específicos para o extermínio desses parasitas.

Os inimigos que os proprietários dos pets não veem, ou seja, os ovos, as larvas e as pupas, estão no ambiente e nele sobrevivem durante muitos meses. Dessa forma, muitos são os casos de proprietários que vivem combatendo o carrapato e a pulga no animal, mas nunca conseguem exterminá-lo por completo.

A melhor maneira de livrar sua casa de pulgas e carrapatos é usar uma estratégia integrada: fazer uma limpeza profunda, tratar os seus animais de estimação com produtos antipulgas e carrapatos seguros e indicados por um médico veterinário e tratar a sua casa com a aplicação de produtos químicos de preferência feita por um empresa especializada lembrando de deixar seu pet em outro ambiente neste dia.

A doença do carrapato é uma infecção grave causada por hemoparasitas transmitidos por carrapatos que atacam o sangue do cachorro e pode até levar à morte. O carrapato raramente contamina gatos e seres humanos, mas não é impossível.

A doença do carrapato não tem vacina, mas há formas de prevenção que é prevenindo o aparecimento de carrapatos em seu pet e fazendo o check up regularmente nele.

Por falar em prevenção, embora não exista vacina, há sim tratamento para a doença transmitida pelo carrapato. Basicamente, quanto mais cedo os sintomas forem observados e o diagnóstico for dado, maiores as chances. Por isso é fundamental agir rapidamente e procurar um veterinário.

O que pode ser feito para evitar a doença do carrapato, basicamente, é seguir algumas orientações:

  • Dê sempre uma boa olhada nos pelos do cachorro – especialmente após ser exposto a outros lugares, como em passeios na rua;
  • Limpe o ambiente onde ele vive;
  • Procure usar produtos carrapaticidas seguros e eficientes indicados por um veterinário;
  • Corte a grama (se houver em seu quintal) e mantenha paredes limpas;
  • Se for viajar, confira as condições de onde vai deixar seu cachorro. O mesmo vale se ele for com você.

Aplique uma pipeta, comprimidos ou utilize coleira contra pulgas e carrapatos no cão, conforme as recomendações do fabricante ou do veterinário.

Eliminar o carrapato do cachorro ou do ambiente é um desafio mesmo para as pessoas mais cuidadosas. É importante sempre ficar atento ao corpo e pêlo do pet e, sobretudo, a possíveis sintomas.

Quer agendar um horário para o seu pet?

Entre em contato conosco!

Conheça também

FARMA PET

Nossa farmácia contém uma variedade de medicamentos de laboratórios reconhecidos no mercado pela qualidade e investimento em pesquisa, como antibióticos, anti inflamatórios, shampoos medicinais pomadas, suplementos, produtos para controle de carrapatos e rações nutricionais.

Também oferecemos suporte para cirurgias com roupas cirúrgicas e colares elisabetano.

PET DELIVERY

Está sem tempo para ir as compras com seu pet na Veterinária São Lázaro? O Delivery São Lázaro surgiu para proporcionar a você nosso cliente muito mais comodidade e rapidez na compra de produtos da nossa farmácia pet. O serviço funciona de segunda a sábado, entregando ao nosso consumidor produtos de alta qualidade no mesmo dia em qualquer lugar da cidade, basta entrar em contato com o nosso atendimento que está sempre pronto para lhe atender com carinho e dedicação que você e seu pet merecem.

Acompanhe nosso Blog Pet